Após as eleições, robôs usados para promover candidatos no Twitter são desativados


Utilizados durante as eleições para promover candidatos e fazer com que eles parecessem ter mais influência junto aos eleitores, alguns perfis automatizados - robôs, ou bots - na rede social Twitter foram desativados após o pleito, de acordo com reportagem da revista Veja.

As contas publicavam frases prontas e repetidas, tinham nomes padronizados, com números, seguiam uma quantidade exata de perfis e tuitavam apenas sobre eventos relacionados às eleições, além de comentar a presença de um determinado candidato na televisão. Em alguns momentos, como o do debate eleitoral realizado pela Band, foi constatado que temas ligados ao agora presidente Jair Bolsonaro ficaram entre os assuntos mais comentados da rede social em países do Leste Europeu, na Alemanha, na Dinamarca, na Austrália e até na China.


Ao verificar como estavam alguns desses robôs que atuaram a favor de Bolsonaro, a reportagem da Veja encontrou contas completamente diferentes. Os perfis, que antes tentavam imitar uma pessoa comum, agora traziam o nome de "contavazia", seguido de números e uma foto com um globo azul. Todos também seguiam os mesmos 39 perfis e eram seguidos por 37 contas, sendo que os tuítes e curtidas passados também foram apagados.

Por Juliana Rodrigues 


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário