O deputado Tom Araújo relembra os 34 anos de Nordestina - BA


O deputado Tom Araújo (DEM) apresentou na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), uma moção de congratulações pela passagem dos 34 anos de emancipação política e administrativa do município de Nordestina, comemorada no dia 9.

No documento, o parlamentar mencionou a história de formação do município que e emancipou em 1985 a partir do desmembramento de Queimadas. “Em relato de 'cadernetas de anotações', o escritor nacional Euclides da Cunha, mestre da obra Os Sertões, menciona localidades pertencentes atualmente ao município. Seus registros oficiais datam de 1937, porém existem fortes indícios da presença humana desbravando estas terras e semeando as primeiras raízes muito antes”, frisa a moção.

Em seu texto, o deputado lembra que Nordestina possui o garimpo como fonte de renda. “No início dos anos 80, Nordestina recebeu os primeiros visitantes que reconheceram, na região, um grande potencial para encontrar Kimberlito, formada em erupções vulcânicas e, em alguns casos, transportam diamantes do interior da terra para superfície terrestre”, explicou. 

Além da atividade de extrativismo mineral, o município possui uma agricultura de subsistência de pequeno e médio porte, marcada por uma produção em pequena escala de Sisal, concluiu o democrata.

por: ALBA | Divulgação/AgênciaALBA
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário