Terça, 27 de Outubro de 2020 08:57
71.9.9114-3341
Dólar comercial R$ 5,61 -0.27%
Euro R$ 6,63 -0.49%
Peso Argentino R$ 0,07 +0.01%
Bitcoin R$ 79.791,73 +2.789%
Bovespa 101.016,96 pontos -0.24%
BRASIL COVID - 19

Médicos brasileiros investigam mortes de crianças por covid-19

Patologistas da USP foram primeiros a provar presença de vírus no coração de paciente infantil com forma rara da doença e tentam desvendar mecanismos por trás de óbitos de outras crianças.

18/09/2020 08h02
Por: REDAÇÃO Fonte: Mônica Vasconcelos - Da BBC Brasil em Londres
Foto: FMUSP / BBC News Brasil
Foto: FMUSP / BBC News Brasil

"A pergunta que eu mesma me faço é aquela que não sabemos responder: afinal de contas, do que estão morrendo essas crianças?"

Com essas palavras, a médica patologista e professora da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) Marisa Dolhnikoff define, em entrevista à BBC Brasil, a missão de um grupo de pesquisadores brasileiros que se destaca por usar um método particular de autópsia para estudar — e tentar explicar — as mortes por covid-19 entre 

A equipe da FMUSP usa a autópsia minimamente invasiva guiada por ultrassom, um método que permite coletar tecidos com uma agulha, sem a abertura do corpo e com mínimos riscos de contaminação
Foto: FMUSP / BBC News Brasil

No cumprimento dessa missão, a equipe da FMUSP acaba de dar um passo importante: foi a primeira no mundo a confirmar a presença do novo coronavírus (Sars-CoV-2) no coração de uma criança que morreu de uma manifestação atípica de covid-19, a Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P).

A descoberta, relatada em um estudo de caso publicado em agosto na revista científica Lancet Child and Adolescent Health, chamou a atenção da comunidade científica internacional. Agora, o grupo quer explicar os mecanismos por trás dos óbitos de outras quatro crianças que perderam suas vidas por covid-19 no Hospital das Clínicas da FMUSP.

"O estudo que a gente quer fazer seria mostrar o espectro de possíveis apresentações da covid grave em crianças que chegaram a morrer e em que pudemos fazer autópsia", diz Dolhnikoff que, ao lado do patologista Paulo Saldiva, coordena os estudos em autópsia de óbitos da covid na USP.

Universidade de São Paulo tem tradição no uso da autópsia como instrumento de pesquisa e a equipe trabalha em ritmo acelerado: explicar o que está levando as crianças pode ser crucial para que outras sejam salvas.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Feira de Santana - BA
Atualizado às 08h57 - Fonte: Climatempo
24°
Pancada de chuva

Mín. 18° Máx. 28°

24° Sensação
18.5 km/h Vento
60% Umidade do ar
90% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (28/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 29°

Sol com muitas nuvens e chuva
Quinta (29/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 29°

Sol e Chuva
Ele1 - Criar site de notícias