Quarta, 21 de Outubro de 2020 18:55
71.9.9114-3341
POVO PRETO ELEIÇÕES 2020

Salvador tem cinco pré-candidatos negros

Denice é aposta do PT para conquistar pela primeira vez a prefeitura de Salvador.

05/10/2020 14h34
Por: REDAÇÃO Fonte: GN NEWS
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A discussão sobre representação racial nas eleições de Salvador ganhou força em 2020, após entidades do movimento negro criarem campanhas para incentivar candidaturas de afrodescendentes aos poderes Executivo e Legislativo, por meio de núcleos como Eu Quero Ela - Salvador Cidade Negra e Plataforma Salvador Negra 2020. Embora a capital baiana tenha 79,2% de sua população afrodescendente (dados do IBGE), os soteropolitanos nunca elegeram um prefeito negro pelo voto popular. O único a sentar na cadeira do Palácio Thomé de Souza foi o hoje vereador Edvaldo Brito (PSD) - que entre 1978 e 1979 foi prefeito biônico, durante a ditadura militar.

Neste ano são cinco pré-candidaturas de afrodescendentes à prefeitura, quatro delas associadas a movimentos de representação negra: Denice Santiago (PT), Olívia Santana (PCdoB), Eslane Paixão (UP) e Hilton Coelho (PSOL). Em 2016, foram duas candidaturas autodeclaradas pretas.

Denice é aposta do PT para conquistar pela primeira vez a prefeitura de Salvador: ela é major da Polícia Militar da Bahia e foi responsável pelas rondas Maria da Penha. O quinto pré-candidato é também militar: o deputado federal Pastor Sargento Isidório (Avante), que não tem militância ligada ao movimento negro.

Representatividade

A estimativa de parte de entidades do movimento negro é a de que o número de candidaturas de afrodescendentes à Câmara Municipal cresça de 15% a 20% nesta eleição. Hoje, considerando somente a cor da pele, são pelo menos 13 vereadores e vereadoras negros no Legislativo municipal. O número equivale a 30% das 43 cadeiras da Casa.

"Nós queremos um representante que tenha a cara da cidade, que é negra. E, na Câmara, também precisamos de quem pense a cidade para os negros", disse Iraildes Andrade, coordenadora-geral do Coletivo de Entidades Negras (CEN). Ela avalia que a articulação das entidades do movimento negro para eleições tende a crescer nos próximos anos. "Os debates encorajaram mais pretos e pretas a se candidatarem", disse.

Apesar da diversidade entre as entidades do movimento negro, um ponto comum é o de que a composição dos poderes Executivo e Legislativo refletem o racismo estrutural da sociedade soteropolitana. "A representação é um debate prioritário", defende Sirlene Assis, que integra a direção nacional da União de Negros pela Igualdade (Unegro). "Independentemente de partidos, nós queremos o poder para o povo negro, que é maioria da cidade. Só que eu não acredito que os não-negros vão fazer o melhor para nós, pois estão há séculos dirigindo a cidade e isso não ocorreu." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Feira de Santana - BA
Atualizado às 18h48 - Fonte: Climatempo
25°
Poucas nuvens

Mín. 19° Máx. 30°

25° Sensação
19.4 km/h Vento
62.8% Umidade do ar
0% (2mm) Chance de chuva
Amanhã (22/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens
Sexta (23/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 30°

Sol com muitas nuvens e chuva
Ele1 - Criar site de notícias