Alex da Piatã PSD 55 - Lider do Partido na ALBA

VIVENDO TECNOLOGIA...

www.galonegro.com

BARROCAS: Moradores relatam terem escutado explosões seguidas de tremores na madrugada desta quarta-feira


Moradores de vários pontos da cidade e até dos povoados, mantiveram contato com o JNV nesta quarta-feira (17), e relataram situação inusitada no pequeno município de Barrocas, no Território do Sisal da Bahia. Segundo estas pessoas, entre as 3 horas e 30 minutos e as 4 horas da madrugada de hoje, ocorreu uma forte explosão e em seguida foi possível perceber tremores nas residências.  

"Foi tipo uma bomba bem forte. Na casa da minha mãe ela disse que as lâmpadas balançaram, isso foi por volta das 4 horas da manhã. Eu estava dormindo acordei com o estrondo", relatou a agente da saúde Eronildes, moradora da sede do município.

No Povoado do Milho Verde, o comerciário Luiz disse que as portas da casa vibraram: "O barulho parecia ser distante, mas as portas da minha casa vibrava. Acredito não ter sido na mineração, pois não era horário de detonação", relatou.

A dona de casa, senhora Ana, também moradora da sede, em região distinta do primeiro relato, também percebeu o barulho e sentiu o tremor: "Um barulho muito forte, o forro da casa balançou" afirmou em contato com o JNV.
  O comerciante Agnaldo, disse que imaginou que a marquise da sua casa havia desabado: "Estremeceu tudo, pensei até que a marquese tinha caído, ou um casa. Mas levantei e observei não vi nada" contou. Algumas pessoas disseram acreditar que se tratava de uma explosão de botijão de gás.

Durante o Programa A Nossa Voz, vários ouvintes mantiveram contato passando informações a respeito desse caso. A população está com dúvidas e querendo uma explicação sobre o que de fato aconteceu na madrugada de hoje em Barrocas.

Imagem Rubenilson Nogueira  |  POR: jornalanossavoz

Eduardo Bolsonaro receberá mais que o dobro do seu salário como embaixador nos EUA


Conforme o Itamaraty, a remuneração bruta para o cargo é de US$ 18.216,25, o equivalente a mais de R$ 68 mil. O valor contabiliza o auxílio familiar mensal de US$ 958,75 (cerca de R$ 3.600), já que Eduardo deverá levar a esposa, Heloísa Wolf Bolsonaro.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) poderá ganhar o dobro do seu salário se for confirmado como embaixador do Brasil no Estados Unidos. Atualmente, ele recebe R$ 33.763, e passaria para mais de R$ 68 mil. A informação foi divulgada pelo youtuber Felipe Neto.

Em seu perfil no Twitter, Neto criticou a possível nomeação. “Se for mesmo indicado, Eduardo Bolsonaro vai sair de um salário de 33 mil para 68 mil reais por mês. Isso porque Bolsonaro foi eleito dizendo que acabaria com as mamatas e ninguém mais mamaria nas tetas do governo”, ironizou o artista.

Deputados pró-Previdência celebram liberação de emendas: 'tá na conta'

Deputados pró-Previdência celebram liberação de emendas: 'tá na conta' (via radaronline)
Parlamentares foram às suas redes sociais anunciar recursos liberados pelo governo para suas bases eleitorais.
Deputada Jéssica Sales (MDB-AC), que votou a favor da reforma, anuncia recursos para Manoel Urbano, da sua base eleitoral (Reprodução/Facebook)

O deputado Carlos Henrique Gaguim (DEM-TO), que foi um daqueles que até ergueu no plenário bandeirinha do Brasil distribuída pelo governo durante a votação, é um deles. No seu facebook, Gaguim celebra emenda “extra-cota” de R$ 100 mil do Ministério da Saúde para a cidade de Pequizeiro. Mais R$ 190 mil para compra de uma Van para transporte de pacientes, em Mateiros. O parlamentar conseguiu ainda um ônibus de transporte escolar para Nova Rosalândia e até autorização para liberação de minério em Palmeirópolis.

A deputada Jéssica Sales (MDB-AC) usa o bordão “tá na conta”, para se referir a parcelas de suas emendas e de convênios liberados para seu estado. A cidade de Manoel Urbano recebeu R$ 150 mil no início de julho, como primeira parcela de um total de R$ 750 mil, para pavimentação de rua. A parlamentar anuncia ainda a liberação de R$ 140 mil para melhorias sanitárias em Mâncio Lima.

Atual presidente criticava o PT e faz o mesmo jogo politico.


Apesar do discurso crítico ao que chama de "velha política", o presidente Jair Bolsonaro repetiu uma prática trivial de seus antecessores na relação com o Congresso e liberou um valor recorde em emendas parlamentares às vésperas da votação da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, aprovada na quarta-feira passada com 379 votos a favor. 

Foram R$ 2,7 bilhões empenhados em apenas dez dias, sendo R$ 1,5 bilhão em emendas individuais apresentadas por 550 deputados e ex-deputados federais. A quantia representa uma média diária de R$ 268 milhões em desembolso em julho, mais do que o dobro da média registrada em maio de 2016.--R$ 123 milhões--, quando foi empenhado o maior volume de recursos em um único mês --R$ 3,8 bilhões-- desde que a execução das emendas pelo governo passou a ser obrigatória, em 2015.

VULVODINA - Depilação e calças muito justas podem causar doença pouco conhecida


De acordo com um estudo realizado na Universidade de Boston, nos Estados Unidos, nos últimos anos se registrou um aumento dos casos de vulvodínia. Apesar da condição de saúde ser pouco conhecida e falada, pode afetar uma em cada seis mulheres.

A dor nos nervos na região genital crônica não é fácil de tratar e pode agravar significativamente pelo uso de calças muito justas ou depilação (que deixa a pele mais exposta à fricção com a roupa íntima e outros tecidos, como rendas e sintéticos) na região.

Os cientistas acompanharam 434 mulheres entre os 18 e 40 anos. Todas sofriam com dores na vulva. Chegaram à conclusão de que mulheres que removem todo os pelos com depilação tem um risco 74% mais elevado de desenvolver a doença. E entre aquelas que usavam calças apertadas o risco duplicava. A exposição da região e a fricção constante aumentam o risco de infecções que podem levar à vulvodínia.

A condição é difícil de ser tratada pois o diagnóstico é complicado. A dor varia de ardência a contrações.

Se sente desconforto e dores na zona dos genitais não hesite em contactar um médico ou ginecologista.

GN NEWS | Foto: Divulgação

Nova Carteira de identidade pode valer por 12 documentos


O novo modelo da carteira de identidade pode conter dados de 12 outros documentos, 8 estados já estão produzindo o novo modelo que deve ser implantado em todo o país até março de 2020, são eles  Goiás, Mato Grosso, Acre, Maranhão, Ceará, Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul e o Distrito Federal.

Os dados do PIS-pasep, carteira de motorista, CPF, Cadastro Nacional de Saúde, carteira de trabalho, identidade profissional e tipo sanguíneo podem ser inclusos no documento de identidade. Porém é necessário levar as originais dos documentos para podê-los incluir na identidade.

O novo modelo também tem um QR Code, para garantir a autenticidade do documento. A carteira de identidade antiga continua valendo. A emissão do novo modelo  só é necessário para quem precisa de uma segunda via ou vai tirar o documento pela primeira vez.

g1
Postagens mais antigas → Página inicial