www.circodossonhos.com | APOIO CULTURAL: www.galonegro.com

UM VEREADOR INDEPENDENTE

Alex da Piatã PSD 55 - Lider do Partido na ALBA

VIVENDO TECNOLOGIA...

UM VEREADOR INDEPENDENTE

Coité: independente da discussão sobre 2020, Alex da Piatã confirma unidade do PT e PSD


O presidente do PSD de Conceição do Coité, deputado Alex da Piatã (PSD), garantiu a unidade do grupo político liderado por ele e o prefeito Assis (PT). A declaração foi dada em meio a entrevista a Equipe Tá Na Rua. 

O líder do PSD na Assembleia Legislativa da Bahia foi categórico ao afirmar que independente da composição da chapa, ambos os partidos vão marchar juntos em 2020. 

A declaração foi vista como um balde de água fria na oposição, que contava como certa uma briga entre o chefe do Executivo e o parlamentar estadual pela cabeça da chapa majoritária. 

Alex não quis citar nomes, mas garantiu que o projeto vai continuar e tanto PT quanto PSD tem nomes gabaritados para ir às urnas. 


“Nós aqui, na liderança do prefeito Assis, vamos conversarmos na hora certa. (...) O PT tem sido muito aberto ao diálogo e tenho certeza que essa parceria vai continuar e será vitoriosa”, destacou  no bate papo transmitido ao vivo pelo Facebook. 

DEBATE - Em um dos mais diversos pontos da entrevista, Alex foi provocado a responder o desafio feito por seu adversário, deputado estadual Tom Aráujo (DEM), para debater a segurança pública em Conceição do Coité. O líder do PSD afirmou que topa e ainda indicou o local. “Se ele topasse eu sugiro na Rádio Sisal. Eles não me deixam falar lá. Mas pode ser no Papo de Rua também”, disse.

Por: BA COMUNICA ASCOM | Foto: Raimundo Mascarenhas / Calila Notícias

#SãoJoão: Itaberaba apresenta atrações do Arraiá da Ita 2019


Em evento promocional voltado para a imprensa e empresários de toda a região, além de autoridades públicas locais, a Prefeitura de Itaberaba apresentou, na noite dessa segunda-feira (15), a Grade de Atrações para o Arraiá da Ita 2019 que, pelo terceiro ano seguido, vai fazer da Cidade de Todos um dos destinos mais procurados em toda a Bahia no São João.

O prefeito Ricardo Mascarenhas participou do Lançamento, acompanhado pela primeira dama Suzana Matias, pela vice-prefeita Maria José Novais e por diversos secretários e vereadores municipais. Ele destacou que “o São João é o maior produto turístico e cultural de Itaberaba, sendo o destino anual de milhares de pessoas”. Em 2019, vão ser investidos cerca de R$ 1,5 mi no São João de Itaberaba.
O prefeito Ricardo Mascarenhas, a primeira-dama, Suzana Matias, e os integrantes da Banda Seu Maxixe, durante o Lançamento da Grade de atrações do Arraiá da Ita 2019.

Ricardo Mascarenhas pontuou que a austeridade tem tido um papel fundamental no sucesso da Festa. “Nós fazemos o maior e melhor São João da Bahia, sem comprometer nenhum serviço público da cidade — saúde, educação, limpeza pública e salários em dia”, disse. O prefeito conclamou o apoio de todos, imprensa, empresários e ao conjunto da sociedade a participarem ativamente do Arraiá da Ita 2019.

Para Ana Amélia Torres, presidenta da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Itaberaba), a iniciativa é muito positiva para o comércio local que tem a oportunidade para fazer negócios, mobilizando diversos setores da economia.


“Vai ser muito positivo para Itaberaba, principalmente para o nosso comércio porque (a festa) aquece não só o setor hoteleiro, mas também restaurantes, o comércio de roupas e calçados, além de outros setores”, disse a Ana Amélia.

Destaque em 2018, o São João de Itaberaba foi o destino mais procurado em toda Bahia. Mais de 150 mil pessoas passaram pelo Circuito Oficial da Festa que contou com, aproximadamente, 150 pontos comerciais, gerando cerca de 600 empregos temporários diretos e movimentando mais de R$ 1 mi, durante os quatro dias de festa. O que representou um aumento de mais de 30%, em relação à Festa de 2017.

Para 2019, a estimativa de aumento gira em torno 40% — consolidando a Itaberaba como o melhor destino nessa época do ano. Confira, a seguir, a grade com as atrações anunciadas no evento de Lançamento. Segundo a Comissão que organiza o evento, a grade com as atrações locais serão anunciadas em breve.

Sexta-feira (21)
Limão com Mel
Kinho Callou
Seu Maxixe

Sábado (22)
Chambinho do Acordeon
Aduílio Mendes
Júlio César

Domingo (23)
Luan Estilizado
Capitão Forró
Dorgival Dantas

Segunda-feira (24)
Forró do Tico
Gabriel Diniz




PRF lança Operação Semana Santa 2019 na Bahia


Serão intensificadas ações fiscalizatórias para combater o excesso de velocidade, a embriaguez ao volante e para coibir as ultrapassagens proibidas.

A Polícia Rodoviária Federal realizará a Operação Semana Santa 2019 a partir da próxima quinta-feira (18) e segue até domingo (21). Com quatro dias de Operação a estratégia da PRF é oferecer reforço concentrado no policiamento preventivo em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade.

Núcleo de Comunicação Social
imprensa.ba@prf.gov.br

O que a Bíblia diz sobre a Páscoa?


O modo como a Páscoa é comemorada hoje não tem origem bíblica. Pesquisando mais a fundo, você descobrirá o verdadeiro significado da Páscoa moderna; verá que ela é uma tradição baseada em antigos ritos de fertilidade. Veja alguns costumes comuns em muitos países.

Nome: O nome usado em português dá a entender que a Páscoa atual é uma versão cristianizada da Páscoa judaica. Mas isso não é verdade. Em inglês, por exemplo, essa festividade é chamada de Easter. A origem dessa palavra é incerta, mas a Encyclopædia Britannica apresenta sua provável relação com “Eostre, deusa anglo-saxônica da primavera”. Outras obras de referência relacionam esse nome a Astarte, deusa fenícia da fertilidade, correspondente à deusa babilônia Istar.

Lebres e coelhos: Esses são símbolos de fertilidade que “foram herdados de celebrações pagãs relacionadas à primavera nos países europeus e no Oriente Médio”. — Encyclopædia Britannica.

Ovos: Segundo o Funk & Wagnalls Standard Dictionary of Folklore, Mythology and Legend (Dicionário-Padrão de Folclore, Mitologia e Lendas, de Funk e Wagnalls), a brincadeira de procurar ovos supostamente trazidos pelo coelhinho da Páscoa “não se trata de mera brincadeira de criança, mas é o vestígio de um ritual de fertilidade”. Em algumas culturas, as pessoas acreditavam que os ovos decorados “tinham o poder mágico de trazer felicidade, prosperidade, saúde e proteção”. — Traditional Festivals (Festas Tradicionais).

Usar roupa nova: “Era considerado desrespeitoso e um sinal de azar receber a deusa escandinava da primavera, ou Eastre, sem estar usando vestimentas novas.” — The Giant Book of Superstitions (Livro Gigante de Superstições).

Cultos religiosos realizados ao amanhecer: Esses cultos têm sido relacionados a rituais que antigos adoradores do Sol “realizavam no equinócio da primavera para acolher o Sol com seu grande poder de trazer vida nova a tudo que cresce”. — Celebrations: The Complete Book of American Holidays (Celebrações: O Livro Completo dos Feriados Americanos).

A origem da Páscoa é bem descrita pelo The American Book of Days (Livro Americano dos Dias): “Não há dúvida de que a Igreja, nos seus dias primitivos, adotou os velhos costumes pagãos e lhes deu um significado cristão.”

A Bíblia nos alerta contra adorar a Deus por seguir tradições ou costumes que o desagradam. (Marcos 7:6-8) Isso está de acordo com 2 Coríntios 6:17, que diz: “‘Separai-vos’, diz Jeová, ‘e cessai de tocar em coisa impura.’” Assim, fica claro que a Páscoa moderna tem origem pagã, e aqueles que querem agradar a Deus devem evitar celebrações desse tipo.

Foto: Divulgação

José de Arimateia visita Barragem de Pinhões e Barragem de Rejeitos Mineração Caraíba S/A


O deputado estadual José de Arimateia (PRB), presidente da Comissão do Meio Ambiente Seca e Recursos Hídricos da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), realizou na ultima segunda-feira (dia 15), duas vistorias minuciosas. Uma na Barragem de Pinhões, em Juazeiro, e a outra na Barragem de Rejeitos Mineração Caraíba S/A, em Jaguarari. No total, o republicano já visitou seis barragens, acompanhado de diversos engenheiros e parlamentares envolvidos com o Colegiado. De acordo com informações dos engenheiros presentes, nenhuma das duas oferece risco de ruptura. 

Fundada em 1965, a barragem de Pinhões tem uma capacidade máxima de armazenamento de 15 milhões, 215 mil metros cúbicos de água e é classificada como equipamento de uso múltiplo. Ela vem servindo para dessedentação animal, pesca, piscicultura, irrigação e lazer, com forte impacto na economia de Juazeiro e Curaçá.


De acordo com informações do engenheiro agrônomo e assessor técnico da Comissão do Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos da ALBA, Eduardo Macário, a equipe de engenharia do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs) garante que não existem problemas na integridade do barramento de Pinhões. Após a avaliação, ele afirmou não ter detectado problemas preocupantes na estrutura. “O que se verifica é um excesso de vegetação do talude à montante, algo capaz de dificultar a identificação de erosões, mas ainda assim, nada que chame atenção quanto a problemas estruturais”, assegurou, informando que a Barragem de Rejeitos Mineração Caraíba S/A também não representa risco de rompimento.  

Como defensor frequente da segurança das barragens do estado, o deputado Arimateia lembrou que, em três anos, duas tragédias ambientais ocorreram no Brasil por negligência. Nesse contexto, ele sinaliza sobre a relevância da manutenção e fiscalização das barragens do estado de forma contínua por parte dos órgãos competentes e responsáveis.

“Até o presente momento, foram seis barragens analisadas, algumas de competência do Governo Federal, outras de responsabilidade do Governo do Estado e empresas privadas. O grande problema em comum de todas analisadas é a falta de manutenção assídua. Atitude irresponsável, pois pode comprometer consideravelmente a estrutura das barragens da nossa Bahia e provocar danos irreversíveis à população baiana e ao meio ambiente. Por todas essas razões, seguimos fiscalizando todas as barragens para apurarmos a real situação de cada uma”, opinou Arimateia.

No estado da Bahia, 10 barragens oferecem riscos de rompimento, segundo informações do relatório da Agência Nacional de Águas (ANA). Os deputados que integram a Comissão do Meio Ambiente já visitaram a Barragem de Araci, a RS1 e RS2, em Camaçari, situada na Região Metropolitana de Salvador (RMS) e Afligidos, localizada no município baiano de São Gonçalo dos Campos. No próximo dia 25 de abril, visitarão a barragem de Apertado, em Mucugê.



Por: Ludmilla Cohim | Fotos: Divulgação

Joseildo diz que MP do Saneamento transforma água em mercadoria e penaliza os mais pobres


O deputado federal Joseildo Ramos (PT) criticou, nesta segunda-feira (15), durante Audiência Pública provocada pela Comissão de Desenvolvimento Urbano (CDU), a Medida Provisória (MP 868), enviada no apagar das luzes do governo Temer para alterar o Marco legal do Saneamento no país. Em pauta no Congresso, a medida abre caminho para a privatização dos serviços e aumenta a desigualdade, de acordo com o parlamentar.

“Na privatização, o que vai acontecer é o deslocamento de recursos públicos, financeiros ou não, para a elite, em desfavor da maioria da população. De todos os serviços públicos, o espelho da degradação ambiental e da desigualdade é exatamente o saneamento. Privatizar é transformar água em mercadoria, penalizar os mais pobres e principalmente nós do Nordeste”, criticou.

Em sua intervenção, Joseildo ressaltou ainda que de 2007 a 2016, durante os governos de Lula e Dilma, mais de R$ 100 bilhões foram disponibilizados na área do saneamento pelo poder público, sendo que R$ 85 bilhões foram contratados. Segundo o deputado, a MP vai na contramão do que têm feito outros países, desestrutura o setor, aumenta as tarifas de água e esgoto e enterra o sonho de universalização do serviço. “É preciso que estejamos juntos, ninguém solta a mão de ninguém. Precisamos combater essa medida. Vamos à luta e não à MP 868,” conclamou o público presente na Audiência.

Assessoria de Comunicação - (71) 3115-7095 | Foto: Divulgação

Postagens mais antigas → Página inicial